BitcoinCash (BCH) pode ultrapassar o Bitcoin após o Halving?

O BitcoinCash (BCH), é um hard fork do Bitcoin (BTC), que também passou pelo halving 2020.

Com isso, houve um grande aumento da sua taxa de hash logo após o halving do bitcoin (BTC).

Imagem mostrando gráfico do hashrate do bitcoincash (BCH)
https://bitinfocharts.com/comparison/hashrate-bch.html#3m

O que significa que aumentou bastante o volume de mineração da criptomoeda bitcoin cash (BCH), após o seu halving 2020 do bitcoin (BTC), que ocorreu no dia 12 de maio.

Tendo inclusive, pouco antes do halving, a taxa de hash do bitcoin (BTC) atingido o seu nível de máxima histórica (ATH), no dia 11 de maio.

Imagem mostrando gráfico do hashrate do bitcoin (BTC) https://bitinfocharts.com/comparison/bitcoin-hashrate.html#3m

Fato é que, este acontecimento acabou levando alguns especuladores a crer que os mineradores do bitcoin (BTC) estariam migrando em massa para o bitcoin cash (BCH).

Então, vamos ver agora uma analise segura destes fundamentos, feita pela ESID.

As taxas de hash do bitcoincash (BCH) aumentaram bastante, um verdadeiro pump, após o Bitcoin (BTC) ter passado pelo seu halving 2020.

E enquanto vimos o poder de mineração do bitcoin (BTC) cair após o halving 2020, consecutivamente o hash power do bitcoincash (BCH) aumentou.

Não exatamente de maneira proporcional, mas este fato sugeriu que os mineradores do bitcoin (BTC) estariam migrando em massa para o bitcoin cash (BCH).

Fazendo assim a rede do bitcoin (BTC) morrer aos poucos, eclodindo o bitcoincash (BCH) como o novo ouro do mercado de criptomoedas, podendo inclusive ultrapassar o valor de mercado do bitcoin (BTC).

Taxa de hash do Bitcoin (BTC) também subiu após o halving do bitcoin cash (BCH)

A taxa de hash do bitcoin cash (BCH) aumentou quase 60% no dia do halving do bitcoin BTC.

Mas, em compensação, caiu 60% nos dois dias seguintes do seu halving 2020, do dia 8 de abril.

Isso mostra de forma inequívoca, que os mineradores de ambas as redes alternaram seu hash power de uma rede para outra, procurando maximizar seus lucros, nos momentos convenientes.

No entanto, permace evidente que não há nenhum movimento de migração em massa do hash power do bitcoin (BTC) para o bitcoin cash (BCH), como conspiram alguns especuladores.

Imagem demonstrando comparativo gráfico do hashrate do bitcoin (BTC) contra bitcoincash (BCH)
https://bitinfocharts.com/comparison/hashrate-btc-bch.html#3m

O discurso, é de que, com halving 2020 do Bitcoin (BTC), a redução da recompensa somado com a estagnação do preço, tornaria a mineração uma operação inviável, enfrentando a perspectiva de os mineradores desligarem suas máquinas ou migrarem em massa para o bitcoin cash (BCH).

Ademais, com as recompensas reduzidas pela metade, para cerca de $6,25 e a dificuldade de mineração aumentada, seria mais um motivo para a migração em massa.

O que vimos nos gráficos que monitoram a taxa de hash do bitcoin (BTC), foi um aumento do hashrate para 137 EH/s antes do halving.

E uma queda para 104 EH/s (cerca de 24%), após o halving, que especulou-se ter sido motivado pelo aumento observado na rede do bitcoincash (BCH).

Porém, ao observarmos o gráfico comparativo acima, não deixa duvida de que tal suposição é absolutamente desproporcional.

Embora, seja possível ter havido uma certa migração, admitimos que esta possa ter sido apenas de uma parcela mínima de pequenos mineradores, que viram suas perspectivas de ganhos findados com o halving do bitcoin, com breakeven em torno de 15k, conforme analisamos.

Por outro lado, Bitcoin Cash (BCH) mostra promessa de um aumento potencial de 15% a 45%

O Bitcoin Cash (BCH) de Roger Ver agora fica abaixo do Tether na quinta posição no CoinMarketCap, ostentando um valor de mercado de US $ 4,46 bilhões

O bitcoincash (BCH), como outras altcoins, seguiu o último aumento do Bitcoin e, portanto, registrou um aumento de 4,38% nas últimas 24 horas. 

Além disso, o futuro do Bitcoin Cash (BCH), segundo nossa análise técnica, parece bastante otimista, com um aumento potencial que varia em torno de 15% a 45%, em médio e longo prazo.

Gráfico Diário de BCH/BTC

Gráfico diário de BCH/BTC pelo TradingView
https://www.tradingview.com/x/F6Zy6BWf/

O gráfico diário mostra um fundo local em torno de $217 e, após esse ponto, o BCH subiu pouco mais de 11% nos últimos 3 dias. 

Além disso, o aumento é uma repetição do que ocorreu em fevereiro de 2020, época em que o preço chegou perto de superar sua máxima de 2019. 

No entanto, o topo mais alto de 2019 está mantido intocado até hoje e o preço caiu para um local inferior ao seu fundo inicial. 

Por enquanto, o BCH/BTC estava preso num longo padrão de equilíbrio entre níveis importantes de suporte e resistência.

Como visto nos gráficos, o próximo nível importante é a resistência de $ 280,47.

Um nível que fica aproximadamente a pouco mais de 15% do preço atual e também é o próximo destino natural do BCH/BTC. 

Contudo, um cenário de baixa parece improvável devido ao desenvolvimento de uma divergência de alta no RSI. 

Portanto, no médio e longo prazo, o cenário de alta do BCH/BTC parece bem provável, especialmente se ele ultrapassar a resistência dos $280. 

Após isso, o próximo seria o BCH/BTC buscar o próximo topo acima dos $350. 

E Isso significaria um lucro aproximado de 45% para quem estiver comprado no BCH/BTC agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *